A importância da arquitetura acústica

A importância da arquitetura acústica


Um ambiente bem planejado não é um capricho, mas uma estratégia essencial para manter a harmonia do ambiente.

 

            A arquitetura acústica é um dos primeiros passos que precisamos dar antes de estruturar a obra, pois é ela quem irá trazer o conforto e a tranquilidade ao ambiente. Prédios coletivos, como os apartamentos, são os que mais sofrem com esses males: latidos de cachorros, som dos móveis se arrastando, salto alto andando pelo piso, som de igrejas e por assim vai, podem incomodar muitos inquilinos e a razão desse incômodo vem do mau planejamento da arquitetura. A preocupação do profissional com o som do ambiente é uma das ações que mais se deve prevalecer e levar com prioridade.

            O arquiteto responsável pelo projeto deve, acima de tudo, ter conhecimento em física, pois ela quem irá trazer a harmonia. Segundo o blog 44arquitetura: O som se constitui de ondas as quais são transportadas pelo ar. Para isso, ele se utiliza de fenômenos físicos como a reflexão, difração, reverberação, eco, ressonância e absorção. Todos estes eventos fazem com que o som interaja com o ambiente podendo ampliar ou reduzir seu potencial acústico”.           

            Por isso é necessário trabalhar com os materiais ideais para a construção da obra. Além disso, também é preciso entender as exigências do cliente e do nível de privacidade que ele deseje alcançar. Assim como os projetos comerciais ou demais estabelecimentos, como hospitais e escolas, que possuem grandes legislações quanto ao nível do som. É preciso estar acompanhando essas regras antes de começar um projeto.

            Um projeto de arquitetura acústica possui pilares e por isso é preciso ficar atento com eles:

 

– Ruídos de fundo (HVAC): são aqueles desencadeados por sistema de ventilação ou ar condicionado.

 

– Ruídos externos e suas fontes: é preciso um estudo do local onde será realizado o projeto, como os fatores não controláveis: barulho de rua, estabelecimentos barulhentos por perto ou algum grande fator que tenha grande influência no som. O profissional precisa examinar a melhor maneira de contornar esses fatores.

 

– Isolamento acústico: são espaços projetados com materiais que inibem qualquer som, como os que podemos encontrar em estúdios de TV, rádio e de música.

 

– Tempo de reverberação: projetos como teatro, salas de aula e palestras, precisam levar em conta esse grande fator. É ele quem irá favorecer o som para que todos os presentes o entendam com clareza.

 

– Sonorização e mascaramento: se diz respeito ao conforto do ambiente e da suavidade do sons.





Posts Relacionados


Celmar 70 anos: Conheça Nossa História
Conheça mais sobre nós - Quem Somos
Quem Somos
Com inicio em 1950, a Celmar é hoje uma referência entre as mais importantes indústrias do setor moveleiro. A qualidade dos seus produtos está associada a matéria-prima utilizada e a alta tecnologia dos equipamentos nacionais e importados, que resultam em produtos de ótimo acabamento e qualidade.

Ler mais

Receba notícias

Fique por dentro

Inscreva-se em nossa Newsletters




Estamos no Facebook!





Celmar
Desde 1950 realizando sonhos, a Celmar Móveis oferece a qualidade que você deseja com 5 anos de garantia, faça parte de nossa história e tradição.
- Celmar Móveis
Copyright © 2020 Todos os direitos reservados.